O Que Esperar do Enem em 2024: Mudanças no Horizonte?

A princípio, muitos estudantes se questionam se o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) estará sujeito a mudanças significativas em breve. Isso ocorrerá, afinal, com a reforma do Novo Ensino Médio próxima de se tornar realidade. Acima de tudo, essa perspectiva tem gerado preocupação entre os jovens sobre possíveis alterações na próxima edição do exame.

Foto: Pexels

Leia agora: Estude no Exterior: Oportunidades com o Enem 2023

Segundo o ministro da Educação, Camilo Santana, nada será alterado no formato da prova em 2024.

Ainda assim, há planos concretos para uma reformulação em 2025, cogitando, por exemplo, a inclusão de questões discursivas, algo similar ao adotado em exames como Fuvest ou Comvest. Essa possível mudança tem causado apreensão, especialmente entre os alunos da rede pública, impactados pela nova grade curricular.

O Novo Ensino Médio e Suas Implicações

Embora a reforma tenha sido planejada para ser implementada gradativamente desde 2022, a realidade é que muitos estudantes já se veem diante de disciplinas que não serão cobradas no atual formato do Enem. Às vezes, um ponto crítico é a ausência de conteúdos exigidos na prova.

Com o propósito de ampliar a carga horária de 2.400 para 3.000 horas ao longo dos três anos, o novo modelo prevê a inclusão de disciplinas optativas. Desse modo, metade das aulas seria obrigatória, seguindo a Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Isso inclui matérias como matemática, português, física, química, biologia, história, geografia, filosofia e sociologia.

A outra parcela seria uma escolha do estudante, permitindo a exploração de itinerários formativos divididos em linguagens, ciências humanas e sociais, ciências da natureza e matemática.

Entenda mais: Mudanças no Sisu: Mais Oportunidades e Equidade no Ensino Superior

O Enem e as Possíveis Transformações

Se o Novo Enem surgir em 2025, o exame se adequará à grade curricular proposta. Assim como, no primeiro dia de provas, os participantes enfrentariam questões interdisciplinares padronizadas. No segundo dia, as provas seriam direcionadas conforme os quatro itinerários optativos.

Além disso, haveria a exigência de questões discursivas e enunciados em língua inglesa.

Vale lembrar que o formato atual inclui uma redação, 90 questões de linguagens e ciências humanas no primeiro dia, e 90 testes de matemática e ciências da natureza no segundo. O participante pode escolher entre responder questões de inglês ou espanhol como língua estrangeira.

Na última edição, 71,9% dos 3,9 milhões de inscritos realizaram a avaliação, com o tema da redação abordando os desafios no enfrentamento da invisibilidade do trabalho de cuidado realizado pela mulher no Brasil.

Rumo ao Futuro

Com toda a certeza, o Enem está passando por transformações significativas, moldando-se às mudanças educacionais propostas pelo Novo Ensino Médio. Como resultado, a expectativa é de um exame mais alinhado com as demandas atuais. Agora que você já está por dentro das possíveis mudanças no Enem, não deixe de conferir outras atualizações e informações relevantes no Portal.

Veja também: IFPE oferece mais de 5 mil vagas em cursos gratuitos: inscrições prorrogadas

Comentários estão fechados.